Como o Home Office pode reduzir os custos básicos do negócio!

Você tem experiência corporativa? Esse é o seu diferencial em uma Franquia de Consultoria
Você tem experiência corporativa? Esse é o seu diferencial em uma Franquia de Consultoria!
julho 16, 2018
Você acha que os custos para abrir uma Franquia são maiores que os custos de um Negócio Próprio?
Você acha que os custos para abrir uma Franquia são maiores que os custos de um Negócio Próprio?
agosto 21, 2018
reduzir custos com home office

Ter um negócio próprio envolve uma série de custos, da produção das mercadorias, compra de equipamentos aos impostos e a logística de entrega. É preciso equilibrar-se entre um preço competitivo e gastos controlados para gerar bons lucros. E quando trabalhamos em Home Office, podemos reduzir muito os custos.

Empreender em um negócio próprio é um sonho que muitos brasileiros alimentam. Ter a independência financeira, ter o protagonismo no mundo dos negócios e o poder sobre as decisões e os rumos da empresa.

Sabemos que os desafios são muitos: ter produtos e serviços competitivos, encontrar e comunicar-se com o público-alvo, conhecer os concorrentes e conseguir vencê-los, vender, fidelizar e conquistar clientes e conquistar o lucro desejado.

E no meio de tantas responsabilidades, uma é fundamental para o sucesso: controlar e otimizar os custos.

Mas, existe um formato de negócio que pode mudar completamente a estrutura de custos da empresa e mudar o patamar de rentabilidade: o home office.

Se o trabalho em casa ainda é tímido nos empregos, nos negócios é uma realidade cada vez maior, pelo conforto e pela economia.

Sua empresa trabalha em home office? Sua empresa tem espaço para trabalhar em casa?

Veja como o Home Office pode reduzir os custos básicos do negócio.

Você tem perfil para trabalhar em Home Office?

É provável que sim. Mas, é importante ressaltar que deve-se ter algumas características para trabalhar em casa. O mercado ainda olha com alguma desconfiança, mas isso pode ser mudado:

  • Disciplina quanto aos dias e horários de trabalho;
  • Flexibilidade no atendimento, quando realmente necessária;
  • Pontualidade nas reuniões marcadas, tanto remotas quando presenciais;
  • Rapidez nas respostas aos e-mails e mensagens, mesmo para informar que responderá futuramente;
  • Processos de atendimento definidos – modelo de proposta, orçamento, execução dos serviços, condições de pagamento e faturamento.

Você está preparado para trabalhar em Home Office?

Trabalhar em casa, ter o conforto da flexibilidade de horários e mais tempo para a família e para a saúde é um sonho de todo profissional. Porém, o que parece muito simples de acontecer – trabalhar sem precisa sair de casa – é bem mais complexo do que pensamos.

Você está preparado para trabalhar em Home Office?

Existem várias armadilhas, que podem minar a performance, mas podem ser vencidas com ações e atitudes corretas.

  1. Ler bastante a respeito. É um formato de trabalho que traz muitas novidades e cuidados. A informação de quem trabalha desta forma, as lições aprendidas, ajudam a perceber o quanto você pode ganhar com o home office – e o que você deve evitar.
  2. Definir um local exclusivo para o seu home office. Devemos evitar as interferências externas – ruídos, pessoas, animais – que podem prejudicar a concentração e o atendimento.
  3. Criar uma rotina de expediente. Os primeiros tempos de home office são de adaptação e o relaxamento pode surgir. Uma alternativa é criar uma rotina de expediente – horários de início e fim das atividades, intervalos para refeições e outras atividades – que ajudará a se programar e atender melhor a todos como clientes, fornecedores, parceiros e a família.
  4. Definir um horário alternativo. Você pode escolher o horário onde rende melhor – tarde/noite por exemplo – e aproveitar o restante do dia da melhor forma. Este horário, deve estar adaptado o máximo possível aos clientes, pois quanto mais alinhado com eles, melhor.

Ter um ambiente funcional para o trabalho e confortável caso venha a receber visitas. Clientes e fornecedores devem se sentir confortáveis e no clima do negócio.

Onde podemos reduzir custos com o Home Office?

As possibilidades são muitas e variam conforme o produto ou serviço a ser comercializado, mas alguns custos são comuns a todos os tipos de negócios – e são reduções expressivas.

Importante: as reduções se baseiam na comparação entre a ideia de um negócio próprio em ponto comercial para o home office.

1 – Redução de custos operacionais com o Home Office

Aqui os ganhos são variados e significativos porque não há aluguel de ponto comercial, taxas e impostos. Consequentemente, existe uma otimização dos gastos a seguir:

  • Consumo de energia elétrica e água;
  • Telefonia fixa, móvel e internet;
  • Condomínio (eventualmente) e demais serviços de segurança, limpeza, etc.;
  • Mobiliário e equipamentos de escritório, podendo usar os existentes.

2 – Redução de custos com locomoção com o Home Office

As despesas de locomoção podem ser reduzidas e até eliminadas e isto é ainda mais lucrativo com combustível. Outros ganhos adicionais são a redução do custo com a manutenção do veículo, pelo uso diário menor, e estacionamento.

Outro ganho interessante é de qualidade de vida: eliminar horas por dia em trânsito, que prejudicam a produtividade.

Redução de custos com locomoção com o Home Office

3 – Redução de custos com alimentação com o Home Office

A alimentação em casa tem um custo que pode ser menor, além de ser mais saudável.

4 – Redução de custos com vestuário com o Home Office

Este é normalmente um custo oculto, mas representa uma boa economia quando avaliamos o gasto ao longo de um período com vestuário para trabalho.

Em um ponto comercial, a preocupação é maior, a imagem está exposta para um público. No home office, o desgaste de uso é menor e podemos usar peças mais informais se não recebemos visitas externas com frequência.

Dica: lembre-se que o home office não exige rigor de vestimenta, mas cuidado para não confundir com relaxamento.

5 – Redução de custos usando a Tecnologia para Home Office

Devemos usar ao máximo os recursos tecnológicos para diversas economias:

  • Ferramentas de armazenamento em nuvem, gratuitos ou de baixo custo, otimizando o uso de outros equipamentos. Outro ganho aqui é evitar problemas técnicos com os dispositivos e poder compartilhar dados rapidamente.
  • Aplicativos de mensagens (Whatsapp, Telegram, Hangouts) como alternativa para contatos telefônicos, principalmente os internacionais.
  • Multifuncionais para evitar cópias e digitalizações terceirizadas. Buscar ao máximo a digitalização para amenizar os custos com cartuchos e papel.
  • Aplicativos de reunião (Skype, Zoom) e de projetos (Trello, Bitrix24) para otimizar contatos e visitas a clientes e fornecedores, limitando-os às reuniões presenciais a momentos em que for realmente necessário.

E além de tudo isso, temos a qualidade de vida no Home Office!

Trabalhar em casa pode trazer muita economia para o seu negócio, e isto se transforma em motivação e mais chances de lucro e sucesso.

E junto vem um ganho tão importante quanto: a qualidade de vida. Poder trabalhar no horário mais produtivo, dedicar-se mais à saúde e à vida pessoal.

Como podemos observar, o home office possibilita uma série de ganhos com a redução de custos. Isso possibilita uma lucratividade maior e até mesmo melhorar o preço para ser mais competitivo – ou fazer condições especiais para grandes negociações.

Gostou deste conteúdo? Se vê neste mercado de sucesso das Franquias?

Então pode ser a oportunidade de conhecer a Expense Reduction Analysts – ERA!

Agende uma reunião com um de nossos consultores.

Temos mais informação valiosa para a sua carreira. Visite nosso blog!

Quero ser um franqueado